Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

  • +55 (48) 3330 1600 / +55 (48) 9172 9993

10/01/2017 | Valorização de imóvel: os fatores que contribuem

Valorização de imóvel: os fatores que contribuem

Na hora de escolher um imóvel, são muitos os fatores que nos preocupam. Queremos encontrar a casa dos nossos sonhos na melhor localização e com uma estrutura que atenda nossas necessidades. Isso tudo é muito importante para garantir nossa qualidade de vida no curto e médio prazo, mas e quanto ao dinheiro? Como saber se estamos fazendo um bom investimento?

Comprar um imóvel para morar é, sim, um investimento. Mesmo que seja só para passar alguns anos, antes de fechar um negócio é importante pensar nos fatores que podem valorizar ou desvalorizar o preço do empreendimento ao longo do tempo.

Muito se discute a respeito de quais são esses itens. Enquanto uns acreditam que o preço de casas e apartamentos depende muito da relação entre oferta e procura, é sabido que questões como infraestrutura do bairro, trânsito, segurança, entre outros, são determinantes na hora de fixar um preço de venda.

E para que você saiba bem o que pode influenciar na valorização de imóvel que deseja comprar, fizemos uma listinha abaixo explicando quais são esses fatores e como eles poderão mexer com o seu bolso no futuro! Acompanhe conosco.

Localização

Sem dúvida nenhuma, a localização do imóvel é um dos principais fatores que determinam não só a escolha pelo nosso lar como também a valorização dele no mercado imobiliário.

Você já deve ter reparado que imóveis com características semelhantes (como mesma área, mesmo número de quartos, vagas de garagem, etc.) que estejam localizados em regiões diferentes podem apresentar uma diferença bem grande no preço.

Isso acontece porque as regiões consideradas mais nobres possuem imóveis mais procurados, independentemente de ser casa ou apartamento, e, portanto, com o valor mais alto. Basta pensar, por exemplo, que um apartamento de 60 m² de frente para o mar pode custar mais do que outro que fique localizado na periferia da mesma cidade e tenha 90 m² de área.

Mas para quem quer pensar no futuro e na valorização do imóvel com o tempo, é preciso avaliar também o crescimento da cidade e para onde ele se direciona. A tendência é que os centros urbanos cresçam cada dia mais e devemos ficar atentos se não estamos procurando algo que vá na direção contrária desse movimento e que possa perder valor no futuro.

Comércio local

Acompanhando a localização, o comércio local — como a presença de restaurantes, padarias, supermercados e farmácias — também influencia na valorização do imóvel. Não é à toa que regiões próximas a shoppings tendem a ser mais valorizadas.

Com o crescimento dos centros urbanos, como citamos, as pessoas buscam por maiores facilidades no seu dia a dia, evitando ter que utilizar o carro ou o transporte público para realizar atividades rotineiras. Ter um comércio próximo, que as permita fazer tudo a pé e com um pequeno deslocamento de carro, é um diferencial buscado pela grande maioria.

Acessibilidade

Em tempos de trânsito caótico, morar em um local acessível, seja pelo transporte público (com opções de ônibus e metrô), seja pela proximidade de vias de acesso rápido, é sinônimo de qualidade de vida para muitos.

Ninguém quer perder horas do dia no trânsito. Um local com uma boa acessibilidade reduz esse risco e é, portanto, mais procurado no mercado, o que o faz também ser mais valorizado.

É interessante procurar saber dos investimentos em obras e transporte público previstos para a região. Mesmo nos casos em que o morador tenha carro próprio, é comum valorizar locais com boas opções de transporte público, seja para eventualidades ou pensando no futuro dos filhos.

Condições internas do imóvel

Imóveis novos são mais valorizados do que imóveis antigos. Afinal, um acabamento novo é sinônimo de menos dores de cabeça no futuro, seja com reformas ou com eventuais problemas.

Os materiais utilizados na construção do imóvel devem ser avaliados em relação à durabilidade e facilidade de manutenção. Quanto mais durável for o acabamento e mais fácil de limpar, mais o imóvel será valorizado.

Além disso, lugares que utilizam cerâmica cara, feita sob encomenda, serão certamente mais caros do que aqueles que utilizam peças comuns, fáceis de serem encontradas no mercado. O lado para o qual o imóvel está virado, que determina a incidência do sol no seu interior e uma vista definitiva também são diferenciais que garantem um acréscimo no preço de venda do mesmo.

Avaliadas essas questões mais básicas, devem-se então analisar outros pontos, como o posicionamento do imóvel no local. Existem lotes vagos próximos? É possível que aconteçam invasões por movimentos sociais?

Também é preciso pensar na questão de possíveis inundações, vizinhança tranquila, altura do imóvel (no caso de prédios, quanto mais alto o apartamento, mais valorizado ele é), aeração, ventilação e vista que se tem dos cômodos.

Educação, saúde e lazer

Quem está pensando em ter filho em mais uma prioridade na hora de escolher um imóvel para morar: a proximidade de boas escolas e hospitais. Regiões que têm esses dois itens são mais valorizadas e, por consequência, o mesmo acontece com seus imóveis.

Vale fazer uma pesquisa dos hospitais e escolas mais próximos antes de escolher. Mesmo que não haja nenhum no bairro, se o deslocamento até os mais próximos for rápido isso já contribui para a valorização de imóvel.

Imóveis próximos a parques públicos, praças e pistas de corrida ou ciclovias também valem mais e recebem atenção especial não só de quem tem filhos, mas também de jovens que procuram atividades recreativas para sua rotina.

Segurança

Um dos grandes problemas atuais dos grandes centros urbanos é a violência. Qualquer cidade tem algumas regiões mais perigosas do que outras e um dos aspectos que mais valoriza um imóvel nos dias de hoje é a segurança que ele proporciona.

Seja por estar localizado em uma região com baixo índice de assaltos e furtos, seja por tem em sua estrutura aparatos de segurança (tais como câmeras, porteiro, cerca elétrica, alarmes, etc.), imóveis seguros são mais procurados no mercado, principalmente por famílias.

Além de ter certeza de que a casa ou condomínio é bem protegido, pesquise bem como é a segurança na região. Uma boa dica é conversar com pessoas que já moram no local e procurar pelos postos policiais mais próximos.

Tecnologia

Interfone nas portarias, porteiro eletrônico ou contratado, assim como portão eletrônico na garagem, já não são mais diferenciais, mas sim aspectos comuns a qualquer condomínio. Isso porque a falta deles é considerada um fator negativo por muitos que procuram imóveis.

Prédios e casa mais novos, com pouco tempo de construção, já são equipados com esses itens e ainda têm circuito interno de TV e instalações prontas para receber automação residencial. Essas características tornam o valor desses imóveis maior do que o dos mais antigos, que não dispõem do mesmo conforto.

Prédios sem elevadores codificados e com sistema de segurança também são menos valorizados, visto que isso oferece mais comodidade aos moradores e estimula a compra de apartamentos nesse empreendimento.

Possibilidade de reformas

É muito difícil achar um apartamento ou casa exatamente do jeito que sempre sonhamos. Por isso, muitas pessoas, na hora de comprar o imóvel, já o adquirem pensando nos itens que pretendem mudar no futuro para deixá-lo do jeito que queriam.

Reformas servem para trazer mais funcionalidade à casa e facilidades para os moradores, além de também servirem para atender as expectativas do mercado, como a troca de acabamentos antigos por novos. Por isso, apartamentos e casas que oferecem a possibilidade de se realizar obras para reforma ou expansão também são mais valorizados.

Mas é preciso também cuidado na hora de realizar uma obra no seu imóvel. Alterações de cunho pessoal — ou seja, aquelas mudanças feitas no imóvel somente de acordo com as suas necessidades — devem ser evitadas. Afinal, o que você procura é diferente do que o resto do mercado procura, e isso pode acabar causando dificuldades de venda no futuro, o que faz o preço do local cair.

Com tudo isso, é preciso ficar atento também a alguns outros fatores que podem jogar o valor do imóvel lá embaixo. Uma vizinhança incômoda e muito barulhenta, por exemplo, espanta potenciais compradores. O mesmo pode ser dito de uma garagem problemática, com vagas presas ou difíceis de manobrar.

Os afastamentos laterais também devem ser considerados nessa hora. Imóveis construídos muito próximos uns dos outros reduzem a privacidade dos moradores e são menos procurados, bem como casas que são cercadas por edifícios e, portanto, ficam muito expostas.

Os itens que contribuem para a valorização de imóvel podem ser bem relativos e subjetivos. Porém, com uma boa pesquisa e uma avaliação cuidadosa dos itens que mencionamos aqui, é possível encontrar não só o imóvel dos seus sonhos como o melhor investimento para o dinheiro da sua família. E isso é especialmente importante se você estiver se comprometendo com um financiamento para realizar esse sonho.

0