Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

17/01/2017 | Preço médio do aluguel residencial teve queda real em 2016

Queda nominal de mais de 3% e inflação elevada levaram à queda de preços pelo segundo ano consecutivo

 

De acordo com relatório apresentado pelo o Índice FipeZAP neste mês, os preços de locação residenciais no Brasil tiveram uma queda nominal de 3,23% em 2016. Levando em conta a inflação medida pelo IPCA/IBGE ( Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo /Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ) de 6,29%, a queda real do Índice FipeZAP de Locação foi de 8,95% no ano passado.

 

No mês de dezembro, os preços ficaram praticamente estáveis (-0,02%), registrando valor médio de R$ 29,99 por m² nas 11 cidades pesquisadas foi de R$ 30,00.

Todas as cidades monitoradas pelo índice tiveram quedas reais em 2016, sendo que apenas em São Bernardo do Campo e em Santos não houve queda nominal no preço médio de locação.

fipezap

O valor médio do m² nas 11 cidades pesquisadas foi de R$ 30,00 (Foto: Shutterstock)

 

O relatório mostra que se compararmos o preço médio de locação com o preço médio de venda dos imóveis, é possível obter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por locar seu imóvel. Trata-se de uma medida importante para avaliar a atratividade do mercado imobiliário em relação a outras opções de investimento. Em dezembro de 2016, o retorno médio anualizado do aluguel foi de 4,4%.

 

mapa_fipezap_locacao_201701

 

Os preços anunciados para locação considerados para o cálculo do índice são para novos contratos. Normalmente reajustados automaticamente pelo IGP-M/FGV (Índice Geral de Preços do Mercado/ Faculdade Getúlio Vargas) ou por outros índices de correção. Assim, mostra de forma mais dinâmica como a demanda e a oferta por moradia estão se relacionando.

Além disso, ao comparar o preço de locação com o preço de venda dos imóveis, é possível ter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por locar seu imóvel. Essa medida é importante para avaliar se o mercado imobiliário está mais ou menos atrativo em relação a outras opções de investimento.

Via Revista Zap.

0