Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

10/10/2015 | Florianópolis é eleita melhor cidade brasileira em indicadores digitais

Três cidades catarinenses se destacaram na premiação Melhores Cidades do Brasil 2015, anunciado pela Revista Istoé na noite da última quinta-feira. Itajaí foi eleita a melhor cidade de médio porte do Brasil, e se destacou também no quesito qualidade de vida dentre as médias. Florianópolis foi premiada como a melhor cidade brasileira em indicadores digitais e Balneário Camboriú venceu como melhor no Brasil em indicadores sociais (veja abaixo todas as cidades vencedoras).

A escolha é feita usando critérios da Austin Ratings, agência classificadora de risco de crédito nacional. O levantamento inclui IDH, índices econômicos, de qualidade de vida e equilíbrio fiscal.

Florianópolis foi destaque nacional em Indicadores Digitais

Capital desponta como polo digital

A capital catarinense também desponta no ranking das Melhores Cidades do Brasil em 2015, realizado pela Revista Istoé e consultoria Austin Rating. Florianópolis foi o município vencedor no quesito indicadores digitais, que está associado ao percentual de domicílios com computador, domicílios com acesso à internet e com telefones móveis.

Para o presidente do Comitê para a Democratização da Informática em Santa Catarina, Heitor Blum, a premiação não é uma surpresa. Ele lembra que Florianópolis vem se consolidando como referência nesse cenário e normalmente é premiada nesses quesitos. Por exemplo, em agosto, a Capital foi vencedora do ranking de cidades inteligentes, do Connected Smart Cities.

— Temos o uso do digital na cultura de Santa Catarina, e de Florianópolis ainda mais. A Capital tem vocação para o desenvolvimento de tecnologia, vemos isso com a quantidade de startups que surgem, com a infraestrutura montada. Isso tudo ajuda para esse indicador — diz Blum.

Itajaí foi eleita a Melhor cidade de médio porte do Brasil em 2015

O número de pessoas conectadas é um fato a se comemorar, na visão de Blum. Isso significa que independentemente do nível financeiro ou educacional, as pessoas estão buscando informações na rede e mais incluídas digitalmente. No entanto, Blum alerta que o nível da conexão da rede é muito aquém das possibilidades:

— As pessoas têm cada dia mais smartphones e estão conectadas a todo momento. Mas em várias cidades, inclusive Florianópolis, o sinal ainda é muito precário. Não adianta ter locais de wifi se o sinal que chega não é de qualidade. Poderíamos avançar muito mais nesse quesito.

Balneário Camboriú venceu como melhor no Brasil em indicadores sociais

Veja abaixo as cidades vencedoras, segundo divulgação da IstoÉ:

Pequeno porte

Padrão de vida: Eusébio (CE)Execução de Orçamento : São João da Barra (RJ)Comércio Exterior: Anchieta (ES)Sustentabilidade financeira: Louveira (SP)Educação: Quatro Pontes (PR)Indicadores Sociais: Carlos Barbosa (RS)

Médio Porte

Aplicação em Saúde e Educação: Salgueiro (PE)Saúde: Passo Fundo (RS)Desenvolvimento Humano: Araguaína (TO)Educação: Lagoa Santa (MG)Mercado de Trabalho: Chapecó (SC)Responsabilidade Social: Fernandópolis (SP)Padrão de vida: Laura de Freitas (BA)Execução de Orçamento, Comércio Exterior e Sustentabilidade Financeira: Parauapebas (PA)Capacidade de arrecadação: Itaguaí (RJ)Qualidade de vida: Itajaí (SC)Acesso digital: São Caetano do Sul (SP)Indicadores Fiscais: Dourados (MS)Indicadores Econômicos: Rondópolis (MT)Indicadores Sociais, Digitais e Educação e Mobilidade Digital: Balneário Camboriú (SC)

Grande Porte

Atendimento Jovem: Cotia (SP)Aplicação em Saúde e Educação: Ribeirão dos Neves (MG)Saúde: São Paulo (SP)Habitação: Parnamirim (RN)Mercado de Trabalho: Curitiba (PR)Sustentabilidade Financeira: São José dos Pinhais (PR)Capacidade de Arrecadação: Barueri (SP)Qualidade de Vida: Manaus (AM)Indicadores Fiscais, Execução de Orçamento e Comércio Exterior: Macaé (RJ)Indicadores Sociais e Educação: Blumenau (SC)Indicadores Digitais, Mobilidade Digital e Acesso Digital ao Conhecimento: Florianópolis (SC)

Ranking nacional por indicador (reunindo todos os portes)

Atendimento ao Jovem: Braço do Trombudo (SC)Saúde: São Paulo (SP)Mercado de Trabalho: Curitiba (PR)Responsabilidade Social: Santa Rita d’Oeste (SP)Comércio Exterior e Sustentabilidade Financeira: Parauapebas (PA)Capacidade de Arrecadação: Barueri (SP)Qualidade de Vida: Manaus (AM)Educação: Quatro Pontes (PR)Acesso Digital ao Conhecimento: São Caetano do Sul (SP)Indicadores Fiscais e Execução de Orçamento: Macaé (RJ)Indicadores Sociais e Mobilidade Digital: Balneário do Camboriú (SC)Indicadores Digitais: Florianópolis

Ranking nacional geral

Melhor cidade de pequeno porte do Brasil em 2015: Congonhas (MG)Melhor cidade de médio porte do Brasil em 2015: Itajaí (SC)Melhor cidade de grande porte do Brasil em 2015: Curitiba (PR)

Fonte: Diário Catarinense

0