Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

01/06/2015 | Veja como foi o Feirão da Caixa Florianópolis, SC.

No fim de semana de 22 a 24 de abril ocorreu o Feirão da Caixa 2015 em Florianópolis, foram oferecidos mais de 11 mil imóveis por mais de 60 construtoras.

O Feirão é muito importante para mostrar a todos as diversas oportunidades do mercado imobiliário, a avaliação geral do evento entre proprietários de Construtoras e Imobiliárias foi o discurso de que “…houve menos pessoas do que os últimos feirões, porém um público mais qualificado que vieram realmente para negociar…”, como poderemos acompanhar ao longo da matéria.Houve uma variação de 40% em média do ticket de Florianópolis para São José, a variação entre as cidades de Florianópolis e Palhoça chegou a uma média 60%.

Segundo André Luiz Zimmer de Cerqueira Cezar, Ger. De Vendas da BRASC Construções “O Feirão está menor em tamanho, com menos construtoras e menos clientes, porém com pessoas mais interessadas em comprar e negociar. Poucas novidades em lançamentos, acredito que foram adiados aguardando um melhor momento econômico.”

Ivo Célio Claudino, Diretor Proprietário da NE&R Imóveis destacou o fechamento de negócios “O feirão teve um público menor, porém mais objetivo sabendo o que deseja. Imagino que devido as diversas informações negativas sobre o mercado na mídia que isso acabou coibindo muitas pessoas de virem ao Feirão. Porém mesmo com uma quantidade menor de público a expectativa de fechar negócios são maiores.”

A analista comercial da Athena Construções, Kamila Vitoreti de Souza, destacou sobre a qualidade do cliente que veio ao Feirão “O Feirão superou as expectativas, pois houve um aumento do número de propostas se comparado aos anos anteriores. Alguns clientes já trouxeram até a documentação necessária.”

O destaque de César Dienstmann, Proprietário da Consular Premium Imóveis destacou a acessibilidade por parte das construtoras em fechar negócios “O feirão foi ótimo, superou expectativas, os clientes tinham qualidade e poder de compra até para produtos de médio padrão. Algumas construtoras estavam suscetíveis a analisar propostas abaixo da tabela o que favoreceu as negociações criando melhores oportunidades de negócios.”

O ano de 2015 está sendo um caso a parte, menos pessoas comprando, porém com maior decisão e poder de fechar negócios. 

Rodolfo G. Daniels Jr

Gerente de Marketing Grupo Feltrin/SC.

0