Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

07/10/2014 | Pesquisa traz retrato de mercado imobiliário em Florianópolis

Confira o valor do metro quadrado dos imóveis por bairros da CapitalO valor do metro quadrado mais caro em Florianópolis está no bairro de Jurerê, é o que aponta a primeira Pesquisa do Mercado Imobiliário de Florianópolis,  lançada ontem na Capital. O levantamento foi apresentado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio) e faz parte de uma apuração maior que será apresentada em um período de um ano. Os dados se referem aos meses de abril a julho.

De acordo com a Fecomércio, a pesquisa é um projeto piloto que também servirá de modelo para outras cidades em Santa Catarina. A pesquisa contou com uma amostragem de 10 mil imóveis por mês com base nas informações das imobiliárias selecionadas por um critério de importância. 

A cada três meses serão apresentados os resultados preliminares e após um ano será apresentado o Panorama do Mercado Imobiliário de Florianópolis, que servirá de base para empresários na tomada de decisões e análises do mercado e negociações.

— A pesquisa nos trouxe informações que já esperávamos como a valorização de bairros como Jurerê, Centro e João Paulo, outras nem tanto como a valorização do bairro Abraão e a situação de bairros como Campeche e Lagoa da Conceição que não acompanharam esta evolução — diz Fernando Willrich, vice-presidente de Habitação da Fecomércio SC.

No total geral, o preço do metro quadrado para venda de imóvel residencial na Capital é de R$ 4.363,41. Com relação aos imóveis comerciais para a venda, o preço do metro quadrado ficou, em R$ 3.946,95 para as casas, em R$ 5.256,08 para lojas e em R$ 7.003,63 para as salas. No total geral, o metro quadrado de imóveis comerciais para venda custa R$ 6.512,99 em Florianópolis.

Para o presidente da Câmara Empresarial do Mercado Imobiliário da Fecomércio SC, Marcelo Brognoli, apesar de ainda ser cedo para uma análise, com apenas quatro meses de levantamento, já é possível observar uma acomodação de preços tanto de alugueis como de vendas. 

— É delicado fazer uma projeção, mas é uma situação que já vinha se percebendo. Devido a vários fatores vínhamos em um processo de euforia acelerado, agora percebe-se uma acomodação de preços em várias áreas — observa. 


Avaliação do mais alto preço do metro quadrado de imóveis residenciais 
 
Juererê — R$ 5.501,58
Centro — R$ 5.362,01
João Paulo — R$ 5.316,01
Agronômica — R$ 5.253,63 
Abraão — R$ 5.119,32 
Itacorubi — R$ 5.077,62 
Balneário — R$ 5.029,08 
Coqueiros — R$ 4.518,77
Trindade — R$ 4.476,60
Córrego Grande — R$ 4.466,62
Estreito — R$ 4.359,62
Canasvieiras — R$ 4.277,43
Capoeiras — R$ 3.976,25 
Lagoa da Conceição — R$ 3.922,92
Campeche — R$ 3.870,51
Ingleses Centro — R$ 3.764,55DIÁRIO CATARINENSE

0