Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

  • +55 (48) 3330 1600 / +55 (48) 9172 9993

15/04/2014 | Momento é bom para adquirir imóveis usados

Com cerca de 17 mil unidades residenciais à venda, mercado se mantém aquecido com negociações facilitadasComprar apartamento usado pode ser bom negócio. Há muita variedade de imóveis em oferta e o preço do metro quadrado é, em média, 40% mais baixo do que o do novo. A pesquisa recente do Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), do Sistema Secovi, mostra que a oferta de imóveis desse tipo teve crescimento de 4% na comparação com março de 2013.De acordo com o Secovi, o sindicato das imobiliárias e do Paraná, a capital tem 17,7 mil imóveis residenciais usados à venda.Financiamento em alta
Um dado interessante apontado pela pesquisa, segundo o presidente do Inpespar e vice-presidente de Economia e Estatística do Secovi, Mauricio Moritz, é o crescimento das vendas por financiamento. Em março deste ano, cerca de 64,1% dos negócios realizados foram feitos desta forma, enquanto 35,9% dos imóveis usados tiveram pagamento à vista. 
 
"Com a estabilidade da economia e o amadurecimento do mercado é natural que os imóveis sejam vendidos em maior quantidade através de financiamento", observa Moritz. 
 
Daniel Galiano, diretor da Apolar Imóveis, confirma a tendência. Com quase 4 mil imóveis residenciais usados à venda em Curitiba e Região Metropolitana, a rede de imobiliárias, que tem mais de 40 franquias nessas cidades, vem registrando maior movimento nas vendas por financiamento. 
Enquanto nos municípios da Grande Curitiba o porcentual desse tipo de negócio alcança 70%, em Curitiba o volume fica em 50%, aponta Galiano. 
 
"Os bancos vêm facilitando o financiamento dos usados. A diferença básica em relação ao financiamento dos novos é a necessidade de uma entrada maior", diz. "Mas notamos que os compradores dos imóveis usados, em geral, já possuem uma reserva para essa aquisição. Além disso há maior flexibilidade. Proprietários aceitam carro e outros bens no negócio do usado", explica o diretor da Apolar. 
 
Na imobiliária, a maior procura é por apartamentos de dois dormitórios na Região Metropolitana e apartamentos de 3 quartos em Curitiba, onde o bairro Água Verde é campeão, afirma Galiano. 
 
Daniel Galiano comenta que os compradores conhecem as vantagens de comprar imóvel usado. "São unidades que já vêm equipadas com o básico, como revestimentos e armários nos quartos. É um custo a menos: para mobiliar e equipar um apartamento novo atualmente gasta-se até 30% do valor do imóvel". ComerciaisA oferta dos imóveis comerciais também apresentou crescimento: 8% em relação a fevereiro e quase 25% na comparação com março de 2013, quando havia 207 conjuntos comerciais usados em oferta e 100 lojas. Atualmente são 359 e 130, respectivamente. O Centro da cidade mantém o posto de região que mais concentra ofertas – são 63,6% do total dos comerciais usados à venda.Fonte: Gazeta do Povo 
0