Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

  • +55 (48) 3330 1600 / +55 (48) 9172 9993

21/03/2014 | Documentação completa reduz prazo de liberação do financiamento

Uma das maiores dificuldades de quem inicia o processo para contratar um financiamento imobiliário é reunir toda a documentação necessária à aprovação do crédito. Erros na documentação ou demora em obter as informações necessárias podem fazer com que a assinatura do contrato demore de 30 a 90 dias.Para quem não tem muito tempo disponível, nem conhecimento específico para organizar os documentos, o assessoramento de uma consultoria especializada pode reduzir substancialmente o tempo de aprovação para um prazo de 15 a 20 dias. A entrega da documentação em ordem é uma das etapas mais importantes na concessão do financiamento imobiliário, afirma Alexandre Pádua, diretor da consultoria FPS Negócios Imobiliários, empresa que presta serviço de consultoria na obtenção da documentação e assessoria técnica para formalização de operações de financiamento imobiliário.O primeiro passo para ter acesso ao financiamento é realizar, numa agência bancária, uma simulação, por meio da qual são informadas as taxas de juros e todas as condições de pagamento.A partir do momento em que o cliente decide, de fato, tomar o financiamento imobiliário, é preciso apresentar seus documentos pessoais e de renda para fins de aprovação do crédito. Aprovado o crédito, o próximo passo é a avaliação do imóvel a ser financiado, feita por um engenheiro indicado pela instituição financeira, bem como a apresentação da documentação dos compradores, vendedores e do imóvel objeto do financiamento, incluindo documentos pessoais e certidões cartorárias que comprovem a regularidade da venda e compra.Recebida a documentação, a instituição financeira verifica se há restrições que possam colocar em risco a operação, como por exemplo: ações judiciais contra o vendedor, penhoras, dívidas sobre o imóvel, etc.Estando tudo em ordem, o contrato é emitido pela instituição financeira e, após a assinatura das partes, é recolhido o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e levado ao cartório de registro de imóveis competente para o registro da venda e compra e da garantia do financiamento. Somente após o registro do contrato é que o dinheiro é liberado para o pagamento do vendedor.Considerando as várias fases do processo de financiamento, bem como a possibilidade de existirem situações a serem esclarecidas para a aprovação definitiva da operação, a contratação de uma empresa especializada em consultoria imobiliária se mostra uma opção interessante para quem não abre mão de agilidade e segurança. Apesar de o prazo variar de instituição para instituição, se houver problema na documentação, o processo de liberação do financiamento pode durar meses, finaliza Pádua.Fonte: ImovelWeb
0