Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

  • +55 (48) 3330 1600 / +55 (48) 9172 9993

17/02/2014 | Vai declarar imóvel no IR? Conheça os principais erros

Contribuinte deve estar atento ao valor do imóvel declarado e informações sobre o saldo devedor do financiamento.Para aqueles que precisam declarar vendas de imóveis ou financiamentos devem ficar atentos para evitar alguns erros que podem resultar em dor de cabeça para o contribuinte. Na reportagem do portal IG Economia, o coordenador de Imposto de Renda da H&R Block, Rodrigo Paixão, e o consultor do portal Declare Fácil, Vicente Sevilha Junior, listaram os tropeços mais comuns cometidos todos os anos por contribuintes no quesito imóveis.- Atualizar valores de imóveis ou veículos. Paixão, da H&R Block, lembra que o valor de um bem adquirido não deve ser atualizado na declaração. "Mesmo com a valorização de mercado, deve-se sempre informar o custo de aquisição". Também é errado informar um valor menor que o preço de compra, se houve depreciação do bem, com exceção, de reformas e benfeitorias que podem ser agregados aos custos do imóvel, valorizando-o.- Não informar o saldo devedor do financiamento. Imóveis financiados pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH) ou outro bem, como um automóvel ou motocicleta, que tenha sido dado como garantia – exemplo de hipoteca, consórcio, penhor ou alienação fiduciária – devem ser declarados com o valor já pago na ficha Bens e Direitos, e nunca em Dívidas e Ônus Reais. Já o saldo devedor – o que falta para pagar – deve ser informado nesta ficha.Segundo o jornal Tribuna da Bahia, em 2014, o contribuinte que tiver rendimentos tributáveis acima de R$ 1.787,77 está obrigado a entregar a declaração do Imposto de Renda (ano-base 2013). No ano passado, a faixa de isenção era de até R$ 1710,78. Em caso de compra de imóvel, o contribuinte precisará ter em mãos a documentação referente ao bem.Fonte: Redação Redimob 
0