Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

09/12/2013 | Deixe sua casa livre de baratas, ratos e insetos no verão

Com o verão chegando, pragas como baratas, ratos e insetos começam a aparecer para dividir conosco o conforto do lar. Mas ninguém é obrigado a passar três meses com esses hóspedes indesejáveis em casa. Com atitudes simples, é possível curtir o ventilador ou o ar condicionado sem sustos ou incômodos com eles.
A consultora da Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas (ABCVP) e especialista em pragas urbanas Lucy Figueiredo explica por que isso acontece nesta época do ano. "Com a temperatura e umidade mais elevadas, o ciclo reprodutivo das pragas e vetores diminui, o que permite um crescimento populacional, principalmente de insetos como baratas, formigas, mosquitos e moscas. Outras pragas também aproveitam a maior circulação de pessoas gerando mais resíduos de alimentos para se reproduzir, como ratos e pombos".Yahoo Brasil/iStock - Antes de dedetizar a casa, verifique o registro e certificado da empresa
Como evitar? 
Lucy conta que a higienização e o fechamento de vãos e frestas são um começo para evitar essa proliferação. "As frestas devem ser vedadas com massa corrida ou silicone. Para vãos maiores, o ideal é usar espuma expansiva". Os ralos também são uma porta aberta para que eles passem do esgoto para pisos e paredes. "Principalmente baratas e roedores. É preciso vedar com ralos de tampa dupla ou tela", ensina.
Colocar tela em pontos como janelas, portas e vãos é uma medida eficaz. "A tela afasta os insetos, impedindo-os de entrar em contato com as pessoas. É, portanto, uma medida de afastamento e não de controle. A tela deve ser milimétrica para evitar a passagem de insetos de pequeno porte. Existem telas que são impregnadas de inseticidas que repelem e até matam os insetos que nela pousam e são comercializadas, normalmente, como mosquiteiros de camas, redes de dormir e berços".
Expulsando o inimigo 
As pragas já se instalaram e estão dividindo espaço com a sua família? Calma, é possível dar um jeito. "Quando as medidas preventivas e caseiras já não são mais o suficiente e o ambiente já está infestado de pragas, o mais indicado é procurar uma empresa especializada em dedetização", alerta Lucy. No entanto, é necessário atenção para não ter dor de cabeça.
"A primeira medida é verificar o registro e certificado da empresa na Vigilância Sanitária ou Instituto Estadual do Ambiente (INEA). Isso qualifica e garante que a desinsetizadora é preocupada com a saúde e segurança dos seus clientes. Procure saber se existe um responsável técnico pela companhia e pesquise sobre a responsabilidade da empresa. Não se deve confiar apenas em anúncios ou explicações razoavelmente coerentes. Solicitar documentos é um direito do consumidor", prossegue a consultora.
"O terceiro passo é aceitar orçamentos somente após a visita do técnico ao local. Combine orçamentos fechados, pois isso evita a variação de preços durante a execução do serviço. Preço baixo é bom, mas nem sempre é sinônimo de qualidade e segurança. Por fim, exija sempre a nota fiscal e o comprovante de execução do serviço, pois essas são as garantias do cliente", diz Lucy.
Contaminações 
A especialista diz que maioria das pragas pode transmitir diversas moléstias, citando as mais comuns. "Baratas transmitem várias doenças alergênicas, salmoneloses, doenças de natureza gastrointestinais. Ratos podem transmitir leptospirose, por exemplo, e mosquitos transmitem malária, dengue, filariose (elefantíase), leishmaniose, oncocercose, etc... Moscas contaminam utensílios e alimentos, ocasionando doenças de natureza gastrointestinal também, dentre outras". Quer curtir o verão sem sustos? Siga as dicas acima e proteja sua família!Por Rodrigo Gusmão | Yahoo Contributor Network
0