Comprar, vender, aluguel Casas e apartamentos em Florianópolis, Grande Florianópolis, São José

  • +55 (48) 3330 1600 / +55 (48) 9172 9993

09/05/2013 | Arquitetos transformaram pequenos espaços em locais aconchegantes

Profissionais buscam saídas em nichos, prateleiras, espelhos e ambientes integradosA metragem reduzida de imóveis com 35m², 46m² e 48m² fez os arquitetos Gerson Dutra Sá, Fernanda Marques e Sabrine Santos buscarem soluções na hora de otimizar espaços. Os profissionais abusaram de prateleiras, nichos, bancadas e muita integração para não deixar nenhum ambiente de fora. Também usaram tons neutros, variando entre o branco e o bege, com o objetivo de aumentar a sensação de amplitude.O objetivo de Gerson Dutra Sá na reforma do imóvel de 35m², localizado no bairro Vila Nova Conceição, na capital paulista, era trazer ares modernos e muita praticidade. O arquiteto logo buscou atender às expectativas do cliente jovem e solteiro que desejava morar em espaços integrados. "Apesar da metragem reduzida, consegui incluir todos os ambientes necessários. Recorri ao design e à cozinha gourmet para diferenciar o projeto", afirma Dutra.Despojamento, modernidade e integração; o arquiteto Gerson Dutra Sá procurou seguir essas orientações.O arquiteto também abusou do Feng Shui ao escolher as cores da decoração. Detalhes em amarelo (com referência à ideia de prosperidade) foram colocados nos nichos da cozinha. A bancada da pia e o aparador da sala receberam o preto (que desperta insights e é bom para o trabalho), o cinza foi usado em painéis para dar sensação de equilíbrio e o branco (que estimula a criatividade) espalhado na pintura do imóvel.O quarto ficou mais charmoso com o painel de madeira e o rasgo de luz no teto
Durante a reforma de três meses, Dutra ainda recorreu a alguns truques para aumentar a sensação de amplitude do apartamento. Portas de correr foram espalhadas pelos espaços e o mesmo acabamento em granito foi usado na bancada da pia e na área de serviço. 
 
Outra medida que otimizou a metragem do apartamento foi a instalação de armários próximos à área doescritório. O sistema de luz colocado nos ambientes – repleto de rasgos no teto, LEDs e dicróicas – também diferenciou o projeto e garantiu um charme extra à decoração.

Varanda gourmet vira extensão da sala

O apartamento de 46m² decorado pela arquiteta Fernanda Marques teve cada centímetro de sua planta aproveitado. Tanto que a metragem reduzida não impediu a profissional de incluir ambientes como escritório e varanda gourmet no projeto. Tudo, é claro, integrado e bem otimizado. "O imóvel recebeu decoração voltada a pessoas práticas e que buscam um modo simples de viver e se organizar", diz.As pendentes da cozinha fornecem iluminação pontual à bancada

Recursos como nichos, prateleiras, aparadores, armários embutidos e espelhos foram usados para aumentar o tamanho dos ambientes. Fernanda também abusou da ideia de selecionar apenas o essencial na decoração.

 

"Evitei colocar somente peças bonitas e investi no que era realmente importante, como a bancada de refeição", afirma. Outro truque que economizou espaço foi apostar em almofadas na cama ao invés de uma cabeceira.

 

A varanda gourmet do imóvel foi organizada de modo a funcionar como extensão da área útil e oferecer mais possibilidades na hora de receber amigos.

Quanto às cores, a arquiteta escolheu tons neutros que oferecessem harmonia ao apartamento. Ripas de madeira também marcaram presença, tanto em painéis quanto em portas, aumentando a sensação de conforto e aquecimento no local.As pendentes da cozinha fornecem iluminação pontual à bancadaFlat abusa do branco e de ambientes integradosUnir dois flats de 24m², de estruturas semelhantes, em um só imóvel foi a primeira etapa do projeto encomendado à arquiteta Sabrine Santos, em São Paulo. A integração dos espaços foi feita com a ajuda de uma porta de correr e o uso intenso da cor branca na decoração reforçou a ideia de amplitude. "O cliente era um empresário que desejava ter um lugar tranquilo onde ficar na cidade. Então, procuramos organizar o imóvel de maneira simétrica, caso fosse necessário redividi-lo no futuro", diz a profissional.A decoração da arquiteta Sabrine Santos valorizou o branco e as transparências Os ambientes foram agrupados de modo a conseguir mais conforto para o cliente. Escritório, quarto e banheiro ficaram de um lado e, sala, mesa de jantar, cozinha e mais um banheiro, na outra parte do imóvel. O empresário queria ainda uma decoração totalmente branca e Sabrine não hesitou em apostar em móveis laqueados, peças transparentes e piso de resina.Totalmente embutida, a cozinha do flat decorado por Sabrine tem nichos internos e portas de correr

A arquiteta valorizou a estética clean, mas também selecionou elementos coloridos que se destacassem nas áreas neutras. A cabeceira da cama recebeu um estofamento em tom de bege, as paredes foram pintadas de cores discretas (mas não brancas) e os armários laqueados com detalhes espelhados. "Elementos e recortes arredondados ajudaram a dividir o ambientes de forma suave", afirma Sabrine.

 

Alternativas que aumentassem o tamanho do flat não faltaram na reforma de Sabrine. A profissional embutiu a cozinha em um armário de 3,6 metros no corredor que une os dois imóveis, e aproveitou os nichos internos para armazenar da pia ao porta-talheres e assim trazer praticidade ao local. Portas de correr ajudaram a otimizar o espaço.

Fonte: O Dia (Por: Bruna Bessi, do IG)
0